Minisséries

Entre os anos de 1907 e 1912, no coração da inóspita selva amazônica,
mais de 20 mil trabalhadores de 50 nacionalidades constroem a estrada de
ferro Madeira Mamoré (EFMM), sob o comando do empreendedor americano
Percival Farquhar . A ferrovia atende a interesses políticos e
comerciais de autoridades nacionais e estrangeiras, e contempla clásulas
do Tratado de Petrópolis , firmado com a Bolívia. Como legado, garante a
fronteira com o país vizinho e permite a colonização de vastas áreas da
Amazônia a partir de Porto Velho e Guajará-Mirim, cidades fundadas pela
EFMM.
O governo brasileiro investiu na ferrovia para compensar a Bolívia pela
perda do território do Acre . A ferrovia deveria superar dezenove
cachoeiras do Rio Madeira, que dificultavam o transporte de borracha da
Bolívia para o Atlântico , via Amazonas . Mas, ao ser concluída, a
borracha entrava em decadência, com o início da produção de borracha do
oriente.
Indo contra os interesses de Farquhar, está o ministro Juvenal de
Castro, amigo pessoal do então presidente da República , o marechal
Hermes da Fonseca . Planejando derrubar o ministro e tirá-lo do seu
caminho, Farquhar descobre o romance extra-conjugal de Castro com a
jovem Luísa, e tira proveito desse segredo.
Enquanto isso, na Amazônia , o engenheiro inglês Stephan Collier comanda
com mãos de ferro a construção da ferrovia, liderando um enorme grupo de
homens de todo o mundo, indispostos entre si, no meio de uma floresta
selvagem, ameaçados por toda a sorte de infortúnios, principalmente
doenças.
A mudar este panorama, está a chegada de novos personagens: o Dr.
Finnegan, um jovem médico idealista que bate de frente com a autoridade
de Collier; e a bela Consuelo, encontrada na floresta entre a vida e a
morte após o naufrágio do barco onde viajava com seu noivo. [ 2 ]

Arquivos

16 itens
Você está na página 1 de 1
1

Formas de contato conosco

Nos contacte via e-mail:
contato.cegosbrasil@gmail.com
skype:
cegosbrasil
Também estamos no Facebook, curte nossa página e fique por dentro de nossas novidades:
http://facebook.com/cegosbrasil